Visitas

terça-feira, 7 de agosto de 2012

F1 ajuda monitorar criança com problemas cardíacos

Médicos adotam  telemetria de Fórmula 1 para monitorar criança com problemas cardíacos

É difícil imaginar qualquer relação entre um carro de Fórmula 1 e o tratamento de problemas cardíacos.
Mas o garoto Damian Singh, de 5 anos, hoje compartilha algo muito importante com alguns carros de corrida: o sistema utilizado para avaliar o desempenho desses veículos na pista é o mesmo que os médicos do Hospital Infantil de Birmingham, no Reino Unido, estão usando para monitorar Singh, que se recupera de uma parada cardíaca.
Trata-se da primeira vez que esse sistema, conhecido como telemetria, está sendo adaptado para ser usado em seres humanos. Seus entusiastas acreditam que, no futuro, ele possa permitir pelo menos dois avanços nos tratamentos médicos.
"Um paciente com uma doença crônica poderia ter seus dados monitorados em casa, estando conectado o dia todo com especialistas do hospital. Ao serem detectadas mudanças, os médicos poderiam analisar as informações e tomar uma decisão sobre o próximo passo", afirma o diretor da McLaren Electronics.
Leia a matéria toda na BBC Brasil

Veja Também